Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Viajante de fraldas

Roteiros,dicas e partilha de experiencias para inspirar e incentivar viagens em família. Blog sobre viagens com crianças, actividades, psicologia infantil e muito mais.

Viajante de fraldas

Roteiros,dicas e partilha de experiencias para inspirar e incentivar viagens em família. Blog sobre viagens com crianças, actividades, psicologia infantil e muito mais.

3 Locais onde pode ver o Muro de Berlim.

28.06.18 | Viajante de fraldas

IMG_2014.jpg

A construção e queda do Muro de Berlim foi um dos momentos mais importantes da história do século XX.

O muro dividiu Berlim em duas partes durante 28 anos.

 

Como tudo começou

 

Ao terminar a II Guerra Mundial, Berlim também ficou dividida em quatro setores de ocupação: soviético, americano, francês e inglês. Os comunistas e os aliados não se conseguiram entender o que originou 2 alemanhas, com 2 moedas e dois ideias políticos.

Em 1949, os três setores ocidentais (americano, francês e britânico) passaram a chamar-se República Federal Alemã (RFA) e o setor oriental (soviético) tornou-se a República Democrática Alemã (RDA).

 

A construção do muro

 

O sector oriental (soviético) começou a ficar enfraquecido e aproximadamente 3 milhões de pessoas deixaram a Alemanha Oriental para entrar no capitalismo na alemanha ocidental. Para travar a saída da população, na noite de 12 de agosto de 1961 a República Democrática Alemã (RDA), decidiu levantar um muro provisório, os meios de transporte foram impedidos atravessar de um lado para o outro. Nos dias seguintes foi feita a construção do muro definitivo com uma altura entre 3 e 4 metros.

 

IMG_1935.JPG

IMG_1974.JPG

Na parte superior, colocaram uma superfície semiesférica para que fosse dificil se segurar nela 

 

Ao longo do muro, foi criada a chamada “faixa da morte”, formada por um fosso e uma avenida pela qual circulavam constantemente veículos militares, sistemas de alarme, armas automáticas, torres de vigilância e patrulhas acompanhadas de caes 24 horas por dia. Muitos tentaram escapar mas sem sucesso.

 

IMG_1988.JPG


Todos nós já ouvimos falar do Muro de Berlim, seja na escola, em noticias, livros, televisão etc, é uma realidade muito recente. Mas só depois de estarmos lá e de ver pessoalmente o que restou do muro e todas as imagens que tão bem descrevem aquele periodo é que ficamos verdadeiramente com a noção do que aquilo era, como funcionava e do sofrimento e privação que aquelas pessoas passaram.

Existiam alguns postos de passagem mas era muito borocrático e dispendioso obter a autorização para atravessar para o outro lado.

Queda do muro

 

9 de novembro de 1989 será uma data que jamais será esquecida naquela cidade, após uma série de protestos e revoluções e com a abertura das fronteiras entre a Áustria e a Hungria, fez com que o governo da RDA afirmasse que a passagem para o lado oeste estava permitida.
Nesse mesmo dia, milhares de pessoas juntaram-se nos pontos de controle para poder cruzar para o outro lado e ninguém podia detê-los.
Famílias e amigos puderam finalmente voltar a verem-se depois de 28 anos de uma separação forçada.

3 Principais locais onde pode ver o Muro de Berlim:

  • Memorial do Muro de Berlim


O memorial está divido em duas partes: uma a céu aberto, onde podemos entender realmente como era o muro, não era apenas um divisória, mas sim 2 muros separados por um “corredor de morte” com torres de controlo e atiradores prontos a disparar, sem dó nem piedade.
A outra parte fica num prédio, o Centro de Documentação, onde através de vídeos e fotografias conseguimos nos transportar para esse período.
A entrada é gratuita e é sem dúvida um local a não perder. Para mais informações clique aqui.

 

IMG_1969.JPG

 

IMG_1972.JPG

 

IMG_1975.JPG

IMG_1982.JPG

IMG_1980.JPG

IMG_1968.JPG


Junto ao memorial do muro de Berlim, podemos encontrar dois outros pontos igualmente interessantes e relacionados com o muro, um é o Memorial park, onde vai poder ver trechos do muro e a estação Nordbanhof, uma das "estações fantasmas" que deixaram de funcionar durante esse período.

IMG_1996.JPG

IMG_1997.JPG

IMG_1999.JPG

IMG_2015.JPG

IMG_2016.JPG

IMG_2017.JPG

IMG_2018.JPG

Nordbanhof.jpg

IMG_2023.JPG

 

  • East Site Gallery

Trata-se da maior secção do muro existente, são mais de 1300 metros de muro que nos últimos anos inspiraram artistas de mais de 20 países a pintarem motivos e imagens de alerta, tornando-se hoje em dia a maior galeria ao ar livre do mundo.

Dizem que este espaço está ameaçado, pois existem projectos de contrução para aquele local, vários movimentos populares tem surgido em defesa da manutenção da East Side Gallery, mas não se sabe até quando irão conseguir preservar o local.

IMG_2073.JPG

IMG_2075.JPG

IMG_2090.JPG

IMG_2089.JPG

IMG_2078.JPG

IMG_2079.JPG

  • Topografia do Terror

Para uns é um museu para outros é um memorial, no fundo é mais um local onde podemos ver imagens e documentos das atrocidades praticadas pelos nazis.
Encontra-se no local onde ficava a sede da Polícia Secreta - Gestapo e da SS.
A entrada é gratuita.

 

IMG_1818.JPG

IMG_1819.JPG
Paralelos foram colocados no local onde estava o muro

 

  • Checkpoint Charlie e Blackbox 

Já falei sobre Checkpoint Charlie no post anterior, mas nunca é demais falar sobre aquele local. Era um dos principais pontos de controle de passagem de pessoas de um lado para o outro do muro. Embora existissem alguns pontos de controle que permitiam a passagem de um lado para outro, era muito difícil ter a autorização para a passagem, requeriam varios documentos, passaporte e muito dinheiro.
Nesse local para além do ponto de controle podemos ver uma exposição de fotografias das revoluções sociais que se seguiram à queda do Muro de Berlim e um pedaço do muro.

IMG_1906.JPG

IMG_1921.JPG

IMG_1922.JPG

IMG_1928.JPG

 

IMG_1933.JPG

IMG_1936.JPG

 

Em diversos locais da cidade vai poder encontrar ou uma parte do muro ou algo a sinalizar que ele existiu naquele, local basta estar atento.

 

Boa viagem!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.